quinta-feira, 30 de julho de 2009

Janelas, com poema de Adélia Prado

Nesta postagem, utilizou-se os versos de um poema da escritora e poetiza Adélia Prado, denominado “Com licença poética”, para torná-la – a mensagem - mais... - Mais o quê? - Mais bonita? - Mais agradável de se ver e ler? – Mais cativante? Você, que está vendo esta postagem, decide!

Adélia Luzia Prado Freitas nasceu em Divinópolis/MG, em 13 de dezembro de 1935, e seus textos retratam o cotidiano com perplexidade e encanto, norteados pela sua fé cristã e permeados pelo aspecto lúdico, uma das características de seu estilo único. Nas palavras de Carlos Drummond de Andrade: "Adélia é lírica, bíblica, existencial, faz poesia como faz bom tempo: esta é a lei, não dos homens, mas de Deus. Adélia é fogo, fogo de Deus em Divinópolis". Adélia é também referência constante na obra de Rubem Alves. ( Fonte: Wikipédia)

Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.

Cargo muito pesado pra mulher,
esta espécie ainda envergonhada.

Aceito os subterfúgios que me cabem, sem precisar mentir.

Não sou feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza
e ora sim, ora não,
creio em parto sem dor.

Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina.

Inauguro linhagens, fundo reinos — dor não é amargura.

Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade de alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.

Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.

Mulher é desdobrável. Eu sou.

- - - - - - - - - - - - - - - -

- Fonte: De um email que me foi enviado pela minha querida amiga Divina Scarpim.

- Fui!

sábado, 25 de julho de 2009

Monumentos famosos - Sacre Coeur


Sacre Coeur, Paris, France

Para ver as outras imagens desta série já publicadas, clique no marcador Monumentos Famosos que inseri logo após a finalização desta postagem, ou então no mesmo marcador na sidebar.

- - - - - - - - - - - - - - - - -

- Fonte: De um email da minha amiga Ângela T. Ventura.

- Fui!

Você conhece Paris? – 5/6

Oferte a sua santa paciência de permanecer num hospital ao lado de um enfermo terminal, ou de varar a noite num velório, naquela hora crítica em que todos vão embora.

Há um jeito que é só seu e todo seu, mesmo que seja ofertar uma flor sem ser dia de nada.

Mesmo que seja uma prece sincera feita no silêncio do seu quarto.

- - - - - - - - - - - - - - -

- Fonte: De um email da minha irmã Ana Isabel.

- Se quiser ver todas as imagens desta série já publicadas, clique no marcador Paris da Ana Isabel que inseri logo após a finalização desta postagem.

- Fui!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Mesquita Sheikh Zayed – 5/17




Informações sobre essa mesquita e detalhes da sua construção você encontra aqui, na postagem 1/17.

Para ver as outras imagens da mesma publicadas nesta série, clique aqui!

- - - - - - - - - - - - - - - - -

- Fonte: Um email da minha irmã Ana Isabel, que mora em Salvador.

- Fui!

domingo, 19 de julho de 2009

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Monumentos famosos - Plaza De Espana

Plaza De Espana, Seville, Spain

Para ver as outras imagens desta série já publicadas, clique no marcador Monumentos Famosos que inseri logo após a finalização desta postagem, ou então no mesmo marcador na sidebar.

- - - - - - - - - - - - - - - - -

- Fonte: De um email da minha amiga Ângela T. Ventura.

- Fui!

Você conhece Paris? – 4/6

Oferte o seu talento para contar piadas e fazer rir,

a sua ternura natural no trato com crianças, idosos ou animais,

a sua capacidade de manter o sangue frio nas horas de crise, quando todos em sua volta desabam.

- - - - - - - - - - - - -

- Se quiser ver todas as imagens desta série já publicadas, clique no marcador Paris da Ana Isabel que inseri logo após a finalização desta postagem.

- Fui!